Manchete Regional

Polícia Civil prende membro do PCC em Poços de Caldas

Segundo as investigações, o homem é suspeito de integrar a facção criminosa.

Alguns materiais relacionados ao tráfico de drogas e a facção também foram apreendidos durante a ação. FOTO: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu um homem supostamente membro do Primeiro Comando da Capital (PCC) em Poços de Caldas (MG). A prisão em flagrante aconteceu na quarta-feira (21). Alguns materiais relacionados ao tráfico de drogas e a facção também foram apreendidos durante a ação.

Segundo as investigações, Irmão Resiliência, como é conhecido vulgarmente o suspeito, é integrante da facção criminosa. De acordo com a Polícia Civil, ele assumiu ser membro e que este era seu “nome de batismo” no PCC. Na casa dele havia um caderno com informações da organização criminosa, uma balança de precisão, porções de maconha e resquícios de crack.

As informações sobre o suspeito foram apuradas pela Agência de Inteligência. A prisão, também é fruto do trabalho do delegado Cleyson Brene , dos investigadores Barbara Bernardi, Nicole Ribeiro e Silvall Garcia. Ação foi supervisionada pelo delegado regional Gustavo Manzolli.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Polícia Civil prende membro do PCC em Poços de Caldas

A Polícia Civil prendeu um homem supostamente membro do Primeiro Comando da Capital (PCC) em Poços de Caldas (MG). A prisão em flagrante aconteceu na quarta-feira (21). Alguns materiais relacionados ao tráfico de drogas e a facção também foram apreendidos durante a ação.

Segundo as investigações, Irmão Resiliência, como é conhecido vulgarmente o suspeito, é integrante da facção criminosa. De acordo com a Polícia Civil, ele assumiu ser membro e que este era seu “nome de batismo” no PCC. Na casa dele havia um caderno com informações da organização criminosa, uma balança de precisão, porções de maconha e resquícios de crack.

As informações sobre o suspeito foram apuradas pela Agência de Inteligência. A prisão, também é fruto do trabalho do delegado Cleyson Brene , dos investigadores Barbara Bernardi, Nicole Ribeiro e Silvall Garcia. Ação foi supervisionada pelo delegado regional Gustavo Manzolli.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )